Quarta-feira, 26 de Março de 2008

Aveiro


 
Sabem aquele virus que “anda aí”?
Pois esse virus também passou por aqui e no dia do Espectáculo de Aveiro eu já levava três dias de antibiótico e embora fosse arriscado dar um concerto, achei que havia de me aguentar, afinal, tem tudo a ver com atitude!
Chegámos bem cedo a Aveiro, o que me deu ainda tempo de fingir que continuava a cura no quarto de hotel.
Este era o primeiro de 4 dias de estrada e dois concertos: Aveiro na quinta e Guimarães no sábado.
Lembrava-me de ter tocado na Feira de Março em Aveiro, com os Toranja, e de sermos muito bem recebidos, por isso estava expectante em relação a este concerto.
O som do Auditório era muito bom e parecia um espaço muito agradável para passar um bom serão.
Atravessámos a ria, jantámos e voltámos para tocar.
Eu não estava mal, mas também não estava bem e por isso foi muito motivante receber uma salva de palmas antes de tocar seja o que for.
Foi dos melhores públicos que já nos receberam, sempre atentos e a transmitir muita emoção ao longo de todo o Espectáculo.
Não digo que foi fácil para mim, mas se calhar e por isso mesmo, foi um concerto muito emotivo com a banda toda junta a tocar e a rir.
Perto do final, mesmo antes de tocar a “Carta”, alguém, no meio da plateia, levantou uma cartolina com letras brancas onde se lia: “Tiago diz à Patrícia para namorar comigo”!!!! Eu expliquei, com o devido respeito, a situação à Patricia que olhava para o Ricardo (autor do cartaz) com ar chocado.
É claro que a Patricia não resistiu à dedicatória e acabou por se render ao gesto do novo namorado. Viva o Amor!!
Um muito obrigado ao público fantástico que encontrámos em Aveiro.
Fica a vontade de voltar rapidamente!
 
Tiago



vista do hotel em aveiro

publicado por Tiago Bettencourt às 23:15
link do post | comentar | ver comentários (22) | favorito
|

Redondo

Finalmente o Alentejo.
Tinha saudares de  tocar no Alentejo. As pessoas são simpáticas, come-se bem e o ar trás, durante todo o dia, uma calma, que no resto do pais é só ao final da tarde.
Chegámos ao Centro Cultural quando estava a escurecer.
Eu estava ainda meio atarantado pela noite anterior: o Fred, baterista dos oioai (entre outras bandas), organizou no Musicbox em Lisboa, o que foi para mim o melhor concerto do ano (ou pelo menos o mais divertido). A ideia foi convidar vários músicos para tocarem e cantarem temas das bandas sonoras dos filmes do Tarantino.
Foi uma noite memorável com o Musicbox à pinha. O publico estava muito entusiasmado e nós, vestidos a rigor, levámos tudo aquilo como uma grande festa de amigos.
Não sei se o Fred está numa de repetir a coisa outra vez, mas se acontecer estou lá!
O Auditório e todo o Centro Cultural (e o catering) tinham muito bom aspecto.
Antes de fazer som fui forçado a oferecer-me um pequeno lanche para compensar a viagem.
Não jantámos tão bem como estava à espera… as minhas migas estavam meio gordurosas…
Voltámos a pé pelo Redondo até ao Centro Cultural, até porque faz bem à digestão.
Acho que foi um concerto bom – estávamos bem dispostos. O publico reservado e muito curioso.
Cantei o “Só Nós Dois” do Tony de Matos porque ainda me lembrava mais ou menos do que tinha feito na gala da TVI.
Terminado o concerto ainda fiz duas entrevistas.
(não gosto muito de ser entrevistado depois dos Espectáculos – só me apetece descansar e estar calado – mas tem que ser, faz parte do caminho para chegar a mais pessoas, e até foram conversas bem simpáticas).
Chamei os Mantha, tirámos uma fotos com gente bonita e regressamos à capital porque muita gente tinha coisas para fazer no dia a seguir.
Por mim tinha dormido no Redondo.
 
Tiago
 
publicado por Tiago Bettencourt às 16:06
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Terça-feira, 4 de Março de 2008

Arcos de Valdevez. Casa das Artes,16 Fevereiro 2008

 
Arcos de Valdevez é muito longe, mas demasiado bonito para me poder queixar da viagem.
O rio mesmo em frente ao meu quarto com as árvores no meio e a ponte a assinalar o vale compensou as quatro horas de estrada.
Fui passear ali à volta enquanto o palco estava a ser montado. Tirei umas fotografias, coisa que já não fazia há muito. A era digital tirou-me um bocadinho do gosto que tinha…
Aqui vão duas só naquela do desenrasque.
 





  
À hora marcada fomos a pé para a Casa das Artes. Demorámos cinco minutos.
A sala foi a mais pequena onde já tocámos.
Tinha cadeiras a um metro de mim e tivemos que adaptar toda a disposição em Banda bem como o material de vídeo e luzes, para o tamanho do palco.
Ia ser um concerto diferente.
O melhor de Arcos de Valdevez foi que tudo era perto - iamos a pé da Casa das Artes para o hotel e para o restaurante.
Comemos tão bem que nem apetecia parar à pressa por ser hora de voltar para os camarins.
Foi o melhor concerto, a par do de Santarém (mencionado em post anterior) e esta coisa de ter pessoas tão perto acabou por fazer do concerto uma espécie de segredo.
Acho que tocámos mais baixo, muito calmos, em paz.
Depois fomos tomar um copo ao bar da Casa das Artes, que esteve muito animado. Tanto, que quando, no outro dia acordámos às 10:30 da manhã para ir embora, parecíamos todos uns zombies…
Que bela passagem por Arcos.
 

Tiago Bettencourt

mais uma foto do Sérgio Neto



e mais uma foto, desta vez, "a banda com palitos no Manjar do Marquês"




publicado por Tiago Bettencourt às 15:29
link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito
|
Domingo, 2 de Março de 2008

Portalegre – Centro de Artes e Espectáculos

 
Eu e o João chegámos a Portalegre quando estava a escurecer e ainda deu para ver uma brecha da vista lá de cima quando tentávamos encontrar o Centro das Artes.
O Tiago Maia chegou pela mesma altura. Entramos e já estava tudo pronto.
No ensaio notámos a acústica perfeita do auditório que nos deixou muito à vontade para o concerto.
Jantámos…
 
Chegámos ao camarim que estava todo enfeitado de balões – o Tiago Maia fazia anos e a Jessica (namorada dele) tinha preparado tudo para compensar o facto de ele estar a trabalhar no dia de Aniversário.
Neste ambiente de festinha subimos e começou o concerto.
Correu bastante bem com um publico progressivamente participativo.
Foi pena um pequeno grupo que lá estava só ter começado a mandar umas bocas lá para o fim! Gosto quando há "pessoal" que resolve participar no Espectáculo. Principalmente quando é em Auditórios, onde estamos perto uns dos outros e os silêncios são mesmo silêncios, como aqueles silêncios de elevador em que qualquer coisa que se diga vai ser ouvida por todos e (mais importante) provocar reacções.
É claro que de vez em quando é demais, mas isso controla-se. Torna os concertos diferentes uns dos outros e eu divirto-me muito a responder.
Depois do concerto fomos relaxar um pouco para uns bares na Praça mesmo em frente ao Centro das Artes.
Dormimos muito bem, no mesmo hotel onde já eu tinha ficado com os Toranja noutra ocasião.
É bom reaver espaços onde passámos bons momentos, dá uma agradável sensação de continuidade…
 
PS: Finalmente emoção no meu blog!
Ontem reparei que uma senhora / um senhor resolveu, entre amáveis pedidos de desculpa, vir descarregar a raiva para este espaço de paz, como que se uma força insuportável lhe tivesse tomado conta do organismo e fosse incontrolável esta vontade de criar neste blog o que nós os jovens chamamos de “má onda”.
Gostava de o / a desafiar a desvendar quem são os tais artistas que são tão injustiçados pelas entidades poderosas deste pais que controlam a minha carreira.
Quem são esses génios afinados ainda mais perdidos do que eu e que dominam a língua de maneira tão astuta que faz esta senhora/este senhor dirigir-se a este humilde blog e gritar pela sua liberdade.
Quero agradecer o seu comentário, até porque isto não tinha piada nenhuma se toda a gente nos vangloriasse, mas gostava muito que fosse um bocadinho mais clara / claro, sendo que o insulto gratuito soa meio vazio da sua parte…
Queria, também, desde já, convida-la/lo a comparecer no nosso concerto dia 29 de Março no Cinema S. Jorge e experienciar uma horripilante noite de insulto à cultura e ao bom gosto.
Faz bem mudar de ares minha/meu senhora/senhor, vai ver que se sente melhor!
Um grande beijinho / abraço.

(este mundo blogueiro é mais agressivo do que estava à espera...!)
 
Tiago Bettencourt
publicado por Tiago Bettencourt às 18:44
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 20 seguidores

.pesquisar

Photobucket


Photobucket
Photobucket

Photobucket

.posts recentes

. QUANDO ME PEDIRAM UM VIDE...

. O senhor do lado

. ...

. "TIAGO NA TOCA e os poeta...

. Sobre a apatia:

. silêncio

. Somos numero 1!!

. Mais explicações ainda...

. Explicações

. NOVO ALBUM já em Pré-vend...

.arquivos

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Janeiro 2011

. Julho 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

.subscrever feeds