Quarta-feira, 20 de Agosto de 2008

Tiago na Toca

(sobre o conceito do projecto)

 

 

O principio do principio do principio do principio do principio...

 

 

onde anda a parte simples como desenho minimal?

 

A toca fica oca se não sopra ou respira

a faca já não corta se ninguém a afia

o leme fica perro

se o rumo não desprende a saída é um erro

 

Na toca o principio nem existe

Cá dentro há gigantes que nos regem como risos q não fingem

é eufórica a alegria

e de sangue a agonia

 

porque também se pode querer no que há do outro lado

e é sempre credível um conceito credível onde a mão é mais quadrada e a mensagem estudada e mais limpa do ruído -- como aquelas fotografias onde estamos bem vestidos…

 

mas eu gosto do ruído

eu quero do ruído outras coisas que viajam

que são espelho do que somos

como forças à deriva

que não prendem ou controlam

e são ventos sem vontade...

… mas que não param.

 

 

Eu quero a parte fraca

porque é nela que nos vemos

Desafio a parte forte

para agarrar no mundo

Quero o medo da coragem

e a coragem de ter medo

Tenho um corte que desvenda

Quero o fruto que se colhe

Pode ser anjo,

ou demónio

mas na toca não se escolhe

 

não se escolhe

 

não se escolhe.

 

 


 

publicado por Tiago Bettencourt às 17:16
link do post | comentar | favorito
|
24 comentários:
De Bárbara a 20 de Agosto de 2008 às 19:44
Excelente começo! ...excelente princípio do princípio do princípio do princípio.


B.
De Carla a 21 de Agosto de 2008 às 00:06
Como diz a Bárbara é, sem dúvida, um excelente começo. É um prazer, cada vez maior, ler o que escreves!
De Os ossos também aprendem a 21 de Agosto de 2008 às 02:51
Tu tens piada, miudo!
Tens muita piada.
P
De Rui Pires a 21 de Agosto de 2008 às 16:04
Caro Tiago...

O meu comentário não é para este post em particular...
É só mesmo para te dar os parabéns pela tua voz e pela forma como a usas...

Continua assim.
Quando fizeres um cancioneiro com as tuas músicas e respectivas pautas/acordes, inclui-me na list ade distribuição.. :).

Felicidades.
De cristina a 22 de Agosto de 2008 às 00:56
Tentado um humilde e tímido sopro para a Toca:
“Dizem-nos que a única coisa que devemos recear é o próprio medo, mas eu não acredito nisso (...). Quer dizer, o medo existe, está lá, obviamente. Aparece-nos à frente das mais variadas maneiras e, quando menos esperamos, esmaga-nos sem apelo nem agravo. A coisa mais terrível que podemos fazer numa altura destas, todavia, é virar-lhe as costas e fechar os olhos. Porque, nesse caso, estamos a deixar que a coisa mais preciosa que existe dentro de nós seja vencida. No meu caso, esta coisa era a onda.”
Beijos

De Anónimo a 22 de Agosto de 2008 às 16:20
Talvez precises de ser amado!
De te despir, de pôr tudo de lado.
De ser o tiago da toca...
De ser tocado, tratado e acarinhado.
De no meio do ruído encontrar o silêncio,
De no meio do defeito encontrar a virtude...
De Noa (Andreia) a 23 de Agosto de 2008 às 09:40
Como disse a Bárbara e depois a Carla: "Que excelente começo"
Vou acreditar mesmo que este é o princípio, do princípio do princípio e estarei sempre a espera. Adoro ler-te!! Adoro! Continua, por favor por que é sempre um prazer ler o que escreves.
beijokas
De Diana a 23 de Agosto de 2008 às 10:58
"Eu quero a parte fraca
porque é nela que nos vemos
Desafio a parte forte
para agarrar no mundo
Quero o medo da coragem
e a coragem de ter medo
Tenho um corte que desvenda
Quero o fruto que se colhe
Pode ser anjo,
ou demónio
mas na toca não se escolhe"

Este 'princípio do princípio do (...)' não podia ter melhor final. Esta estrofe está absoluta e simplesmente... geniaaaaaal !!
De Cristina a 25 de Agosto de 2008 às 13:29
Peço desculpa ao Tiago e aos blogueiros frequentadores porque este comentário não é um contributo directo para a Toca, mas não tinha mais onde escrever ou dizer isto e tinha que o fazer.
Tiago Bettencourt, a música "O lenço" e a tua interpretação param a respiração, creio que podem mesmo parar o mundo se ele ouvir. Peço desculpa pelo excesso, mas parece de natureza divina. Só me resta agradecer muito ao criador :-)
De Manuela a 26 de Agosto de 2008 às 22:01
Olá, Tiago! Passei por aqui para lhe dar os parabéns pelo seu álbum. É absolutamente fabuloso e não para de tocar cá em casa. A partir de agora, vou estar atenta ao calendários dos concertos, e no próximo que der para os lados do Porto, pode contar comigo.
Desejo-lhe as maiores felicidades para a sua carreira.

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 20 seguidores

.pesquisar

Photobucket


Photobucket
Photobucket

Photobucket

.posts recentes

. QUANDO ME PEDIRAM UM VIDE...

. O senhor do lado

. ...

. "TIAGO NA TOCA e os poeta...

. Sobre a apatia:

. silêncio

. Somos numero 1!!

. Mais explicações ainda...

. Explicações

. NOVO ALBUM já em Pré-vend...

.arquivos

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Janeiro 2011

. Julho 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

.subscrever feeds