Sexta-feira, 6 de Novembro de 2009

Então cá vai um pouco de informação:

 
O próximo álbum Tiago Bettencourt & MANTHA já está gravado.
Foi gravado entre Maio e Junho deste ano. A primeira metade em Lisboa, ali no Namouche, e a segunda em Montreal, de volta ao estúdio Hotel2tango.
Foi mais um cativante percurso criativo orientado mais uma vez pelo Howard, com quem já tínhamos trabalhado no álbum anterior.
Este novo álbum tem data de lançamento marcada para o principio de Março, no entanto, algumas coisas poderão acontecer até lá...
Quisemos fazer tudo com calma, com tempo, quisemos fugir à azáfama do Natal, para termos espaço suficiente para construir a paisagem onde o álbum vai existir.
Não vou ainda falar sobre a sonoridade deste novo trabalho porque não sei bem como o descrever e só começo a aprender na altura de promoção em que tenho que inventar respostas diferentes para as mesmas perguntas...
Posso dizer que é mais um passo em frente.
As musicas falam, como sempre, da parte humana do mundo. São historias ou momentos que falam de coragem e fugas, convidam ao desprendimento do que nos trava a felicidade. Tudo isto com humor, um pouco de ironia mas também seriedade.
Os arranjos, por sua vez, são uma fotografia do que fomos durante aqueles 4 meses de composição e gravação.
Temos um teclista novo. Chama-se Benny Lackner e vem de Berlim e Nova York e quem quiser saber mais sobre o seu trabalho pode ir aos nossos amigos do myspace que está lá o link.
 
Espero que quando chegar, recebam este álbum com calma, que não o limitem aos hits, porque há sempre muito mais para lá do obvio.
 
Uma das letras das novas canções já está aqui no blog. Chama-se “O Lobo”.
Durante os próximos meses tentarei deixar por aqui outras letras tal como noticias para quem quiser saber por onde ando e o que está para acontecer.
Assim, fica mais uma. Chama-se...

 

 

...

 

 

Tenho o teu abraço cheio

com a solidão no meio

que não deixa abraçar

Tenho o teu olhar presente

e o desenhar do movimento

do teu corpo a chegar

Tenho o teu riso sentado

e o misterio do teu lado

que preciso desprender

Tenho o corpo a correr

Tenho a noite a trespassar

Tenho medo de te ver

É perigoso este perfume

e a memória do teu nome

é de fogo o que nos une...

tenho o espaço indeciso

dá-me mais porque preciso

mais um sopro do que tens

 

Mesmo longe caem rosas

como pedras preciosas

que confundem a razão

O mistério do teu lado

entre o certo e o errado

bem e mal em discussão

Volta o teu abraço cheio

com o coração no meio

volto eu a disparar

Não percebo o que é que queres

Diz-me tu o que preferes

Ir embora ou ficar?

Este tempo intermédio

Entre a paz e o assédio

Não me deixa evoluir!

Não é dor nem fogo posto

é amar sem ser suposto

é dificil resistir...

 

deixa andar, deixa ser

quando queres entender

o que não podes disfarçar

escolhes não sentir

mas não é teu para decidir

se faz bem ao coração

largar o que é em vão

 

Meu amor esta vontade

Meu amor se é verdade

Meu amor se queres saber

Abre espaço no que é teu

Para te dar o que é meu

Deixa andar... deixa ser.

 

faz bem ao coração

largar o que é em vão

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Tiago Bettencourt às 13:00
link do post | comentar | favorito
|
22 comentários:
De Tiago M. a 6 de Novembro de 2009 às 17:08
Desde já agradeço este «pouco de informação». A espera tem sido longa, mas repleta de boa música. E por vezes, quanto mais tempo passa, mais acaba por ser melhor o dia em que finalmente ouvimos o albúm.

A letra está poética, como sempre, e foi um prazer lê-la. Espero por mais... :)

(ah, e achei boa a escolha de deixarem passar o natal! é nesta altura que se concentram a maioria dos lançamentos, e foi uma escolha inteligente adiarem para Março!)

E quem já esperou dois anos, espera mais uns meses. =D
De Bárbara a 6 de Novembro de 2009 às 19:21
:D

A única coisa que me apraz "dizer" :P
De Ricardo a 7 de Novembro de 2009 às 00:36
Posso dizer que a minha ansiedade já esperava um álbum este ano, mas por mim todos os anos lançavam um, mas acho que fazes bem, não trabalhar vão e realmente fazeres algo que valha a pena.
Esta letra está espectacular, lembra-me algo musical do género de noite demais ou de o campo.
Espero que vos corra tudo bem.
De Sandra A. a 7 de Novembro de 2009 às 13:03
que bom ter destas novidades ! claro que gostava que o lançamento fosse em breve, pois aguardo ansiosamente o novo trabalho..ms vou tentar ter calma :P percebo q queiram fugir à altura de mtos dos lançamentos, mas vai dando noticias.

e como smp as tuas letras continuam a surpreender, há smp algo q m aproxima delas, e isso é mais uma razão para querer saber mais do q está para aparecer por aqui ;)


gostei disto:

"Este tempo intermédio
Entre a paz e o assédio
Não me deixa evoluir!
Não é dor nem fogo posto
é amar sem ser suposto
é dificil resistir...!"


De Carla a 8 de Novembro de 2009 às 11:55
Estou ansiosa pelo novo cd.
Gostei muito desta letra e estou curiosíssima pela música.
Felizmente já tive o prazer de ouvir, pelo menos, uma do novo álbum. :D
De Marta da Costa a 9 de Novembro de 2009 às 20:24
Aguardo ansiosamente a chegada deste novo álbum! :D
De Eu só a 10 de Novembro de 2009 às 20:40
Não dá mesmo para resistir..O teclista é de formação Jazz e trabalha com o Lencastre não é?Talvez esteja a confundir...
Pensando em "talvezes" podias brindar com uma sonoridade no myspace ou facebook a acompanhar o "lobo" (nada malvado!)
Beijo
De AnaNunes a 13 de Novembro de 2009 às 01:26
Nunca te deixei um comentario , deixo hoje .

Obrigada Tiago ! Alimentas-me quando estou fraca, alimentas-me quando estou com gula, alimentas a minha vontade de devorar tudo o que vale a pena saborear! Ao ler-te , leio-me ; ao ouvir-te, sinto-me.

Tens razao, os hits .. sao sempre bons mas, sinceramente, as musicas e letras que mais me teem feito sentido nunca sao 'canções simples' ! Tens uma especie de dom, .. não é de escrever, não é de cantar, ..isso aprende-se.. é de sentir, no mais profundo e verdadeiro sentido da palavra.

Fico a espera de mais novidades, a deixar andar, a deixar ser, a querer ver-te(ver-vos) (novamente) amanhecer, com o novo album!

Um abraço,

Ana.
De André Gomes a 13 de Novembro de 2009 às 14:20
LOL.
De Azeitona a 14 de Novembro de 2009 às 05:37
Coração vazio?
Só vejo uma vantagem.
Mas é preciso Coragem.
De Azeitona a 14 de Novembro de 2009 às 05:41
O Tempo não existe. E o Espaço é o que Somos.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

Photobucket


Photobucket
Photobucket

Photobucket

.posts recentes

. QUANDO ME PEDIRAM UM VIDE...

. O senhor do lado

. ...

. "TIAGO NA TOCA e os poeta...

. Sobre a apatia:

. silêncio

. Somos numero 1!!

. Mais explicações ainda...

. Explicações

. NOVO ALBUM já em Pré-vend...

.arquivos

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Janeiro 2011

. Julho 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

.subscrever feeds